segunda-feira, 6 de abril de 2015

Mudanças....

Olá caríssimos e caríssimas, essa é minha primeira publicação aqui no @MillyUmaUtilidades, nela irei tratar um pouco sobre formas de ver o mundo e se portar diante das adversidades e conflitos que todos passamos constantemente, e uma delas são as mudanças . Espero que curtam!!




Fiquei um bom tempo pensando, será que é apenas comigo? Essa vontade constante de mudança, de achar que a vida está precisando de coisa nova, mesmo que seja mudar os móveis da sala, ou comprar uma nova cortina para o quarto, ou apenas mudar... Mudar de opinião, ler sobre algum assunto que eu  não entendo muito, ou simplesmente ver um filme e esquecer essa vontade.


O fato é que mudanças são imprescindíveis para algumas pessoas. Ainda mais para aquelas que estão sempre planejando e idealizando algo que está a cinco passos a sua frente, é necessário, é preciso. De repente você olha no espelho e pensa: esse tom de vermelho nos cabelos está horrível, preciso escurecer (ou clarear) Ou: esse emprego não me deixa feliz, não estou fazendo algo que gosto, mas preciso de dinheiro, será que compensa? Permanecer em algo que não te dá prazer,  levantar às 7 da manhã e pensar – ‘’ Que saco, mais um dia chato com pessoas chatas, fazendo algo chato’’.
Mas sempre tem o outro lado da moeda, é preciso saber avaliar essas vontades, se é apenas uma vontade que veio do nada e demanda coisas quase impossíveis de alcançar, ou se é algo que mesmo que seja difícil, com muito esforço é possível (mas nada é impossível, como aquela música da Xuxa diz haha)

Recentemente houve um acontecimento desse tipo na minha vida, resolvi fazer o vestibular sem compromisso ou pretensões (Mentira queria passar pra Psicologia haha) Então, a conseqüência foi que passei! Porém já estava terminando o 6º período de Filosofia, faltando apenas mais dois períodos pra colar grau, e como passei pra mesma Instituição Federal e um aluno não pode ocupar duas matrículas ao mesmo tempo (com razão) optei por fazer Psicologia (afinal não sabia se a sorte poderia bater duas vezes na minha porta rs ) e terminar depois a outra faculdade.

Foi muito difícil a decisão, afinal eu  já havia nadado bastante pelo diploma de Filosofia (e gastado mil Xerox de livros etc) Sobretudo porque havia toda uma expectativa em volta de mim pela minha família (que esperava ansiosamente pela formatura) Mas todo conhecimento e aprendizado que tive contribuíram para que eu pudesse alcançar esse sonho (eu achava que seria impossível passar pra faculdade de Psicologia pelo ENEM haha) e só me engrandeceu como estudante de Psicologia pois toda ciência tem por base a Filosofia e um dia pretendo voltar para terminar o curso, já que faltam dois períodos apenas. Voltando ao início do texto, mudanças são necessárias, e fazer o que você ama, lutar pelos seus sonhos vale MUITO a pena, tenho outro exemplo de amigas que viveram o mesmo que eu, mas não irei me ‘’alongar ‘’ mais no assunto.




É isso! Fiquem com todos os deuses <3 
Desenvolvido por: Gabriela Charbe | Todos os direitos reservados.